quarta-feira, 25 de março de 2015

Tudo novo

A nossa velha vida, a vida de entrega a si mesmo , a vida de independência de Cristo, a vida de cegueira espiritual não deve ter mais lugar, nem em nosso pensamento, nem em nosso caminhar . Quando nascemos de novo, o Espírito Santo inicia um glorioso processo em nós, e virá o tempo em que nada nos restará da velha vida.
" Pelo que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo". 2Co.5.17
Em Cristo  desenvolvemos uma nova maneira de olhar as circunstâncias e as pessoas ao nosso redor, desenvolvemos uma nova maneira de pensar e sentir, não somos mais controlados pelos nossos sentimentos egoístas e nem por conceitos meramente culturais ou sociais, somos envolvidos por conceitos estabelecidos desde a eternidade.
  Para este mundo, esses conceitos não são favoráveis, eles não têm lugar. Porém, para aqueles que receberam a nova natureza, comportar-se como outrora é que é inapropriado , completamente descabido, o velho "eu" não deve mais encontrar lugar em nosso coração, visto que tudo aquilo que procede da velha natureza é contrário ao que Deus deseja, não podemos mais aceitar  que se instaure em nós o que já foi sepultado. 
  A morte do "eu"  nunca foi fácil, por isso precisamos da intervenção do Espírito de Deus para nos auxiliar na caminhada, o que temos que enfatizar a partir disso é que viver a vida de Cristo é inenarrável! Tê-lo impregnado em nossa  vida, usufruindo do NOVO de Cristo em nós é o anseio dos que compreenderam  o "escândalo da graça". 
Amo Vocês 
Clébia ✌

Um comentário: