quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Viver é correr riscos

Essa é uma afirmativa digna de reflexão!
Os que dirigem correm o risco de colidir; os que andam correm o risco de tropeçar; os que correm de cair; os que se relacionam de decepcionar-se; os que amam correm o risco de não serem amados;  quem espera corre o risco de se frustrar; quem tenta algo corre o risco de fracassar...
Todos arriscamos alguma coisa. 
Só não podemos dar lugar ao medo que muitas vezes invade a nossa alma quando pensamos em todos os riscos que corremos em nosso cotidiano.
Existem pessoas que focam o perigo, que paralisam com a possibilidade da derrota, que "entram em parafuso" quando imaginam correr algum risco, quando imaginam falhar.
Imaginemos se Davi não tivesse corrido riscos ao enfrentar o urso e o leão,  naquele momento do confronto com Golias ele não saberia como enfrentá-lo,  os riscos que ele enfrentou anteriormente trouxeram a Davi experiências e preparo para um confronto maior e bem mais significativo.
Abraão correu riscos partindo de sua terra para o desconhecido, Noé correu riscos produzindo uma gigantesca arca esperando uma chuva destruidora, Moisés correu inúmeros riscos na ocasião da libertação do povo e durante os anos no deserto, Daniel correu riscos ao escolher permanecer íntegro em sua adoração, os profetas correram riscos ao anunciarem as mensagens de Deus, Maria correu riscos ao ficar grávida do Salvador...
Precisamos compreender que quando corremos riscos fazendo aquilo que é correto e justo, quando corremos riscos por obedecer ao nosso Deus,  optamos não pela insegurança dos riscos,  mas pela segurança da proteção e aquiescência do Senhor. Os heróis da fé arriscaram, se  recusaram a dar ouvidos aos seus temores, o medo não foi capaz de desqualificar os filhos de Deus.
"No amor não há medo antes o perfeito amor lança fora o medo; porque o medo envolve castigo; e quem tem medo não está aperfeiçoado no amor". (1 Jo.4.18)
Corramos riscos com a certeza de que estamos fazendo o que é reto aos olhos do nosso Pai. 
Amo vocês 
Clébia ✌

4 comentários:

  1. Amém. O bastante é crer, confiar e obedecer ao Senhor. Pois até dos nossos inimigos Ele nos justifica. Não temas crê somente.(Marcos.5.16) Não temas porque eu sou contigo;não te assombres,porque eu sou teu Deus;eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com minha destra fiel. Eis que envergonhados e confundidos serão todos os que estão indignados contra ti;serão reduzidos a nada,e os que contendem contigo perecerão.

    ResponderExcluir