terça-feira, 22 de março de 2016

Para onde iremos?

Depois do seu discurso metafórico sobre comer da sua carne e beber do seu sangue, falando sobre a aceitação do seu sacrifício, muitos seguidores  abandonaram a Jesus,  não compreenderam que isto significava tê-lo como seu sustento,  pois Ele mesmo declarou ser o Pão da Vida. Ele era o alimento designado para o homem.
Era uma declaração da sua divindade,  era uma revelação da sua entrega pelos pecados do mundo.
Mas o mais impressionante é que muitos não suportaram tamanha revelação. Grande  é a dureza do coração do homem. Então,  o Senhor se dirige aos doze e questiona: 
" Perguntou então Jesus aos doze: Quereis vós também retirar-vos?  Respondeu-lhe Simão Pedro: Senhor, para quem iremos nós? Tu tens as palavras da vida eterna. Jo. 6.67,68.
Declarações  fortes e sinceras de Pedro, palavras de quem possuía o entendimento de que nenhum outro, em nenhum outro lugar tinha a verdade e a autoridade divina, somente Ele,  o Filho de Deus,  o alimento mais completo,  a água que sacia de uma vez por todas, o Senhor que promete seguramente vida eterna e paz. Que nunca nos apartemos desse conhecimento revelado pelo Senhor,  Ele é tudo o que necessitamos.  Ele é a nossa vida, abramos o nosso coração para a verdade absoluta do nosso Cristo. Para onde iríamos nos?! 
Amo vocês 
Clébia ✌

3 comentários: