quarta-feira, 18 de maio de 2016

Mudanças geram...

Mudanças, as vezes,  causam instabilidade.  
O novo, o desconhecido gera insegurança,  por isso,  muitos se adaptam a uma vida que, de maneira cômoda,  não oferece oferece nenhum perigo, mas também não oferece nenhum desafio.  
Só que mudanças são necessárias. Algumas trazem prejuízos,  outras  são dolorosas, algumas precisam de tempos de adaptação e outras oferecem aprendizagem e benefícios.  A história de de Rute nos ensina que mesmo com o desconhecido à sua frente e possivelmente diversas mudanças desafiadoras e talvez até prejudiciais socialmente e emocionalmente, ela não temeu,  escolheu prosseguir em sua decisão, enfrentar as mudanças e com isso ela não deixou  que o medo a impedisse e isso foi crucial para que o plano de Deus se cumprisse em sua vida, ela  participou do plano redentivo do Pai.
" Respondeu, porém, Rute: Não me insistes a que te abandone e deixe de seguir-te. Porque aonde quer que tu fores, irei eu; e onde quer que pousares, ali pousarei eu; o teu povo será o meu povo, o teu Deus será o meu Deus. " (Rt. 1.16)
Caso ela quisesse permanecesse  em seu aparente conforto, sem perspectiva de mudanças e desafios,  sua história não seria lida, admirada,  e lembrada até o fim dos séculos.
Quando temos a certeza da direção de Deus sobre as mudanças em questão,  temos que prosseguir firmemente,  sem olhar para trás, nem para direita, nem para esquerda,  temos que olhar para o alto e caminhar com segurança,  ainda que tudo pareça nebuloso, os filhos de Deus não temem,  porque Deus lhe dirige os passos.
Amo vocês 
Clébia ✌

3 comentários: