quarta-feira, 15 de junho de 2016

A comunicação mais eficaz do planeta

Sabemos que na vida cristã o relacionamento dinâmico da oração com a absorção da Palavra é imprescindível para o nosso crescimento. Mas infelizmente não somos pessoas disciplinadas e a importância que atribuímos a isto, muitas vezes não é tão significativa. 
O senhor espera que nós dediquemos à oração, Ele espera que priorizemos a comunicação mais eficaz do planeta.
Abandonar a vida de oração é lutar com nossos próprios recursos,  é querer nos tornar independentes de Deus é não se importar com a Sua Presença e nem valorizar a sua companhia.
A prática do oração parece estar sempre  sendo substituída por algo "mais urgente".  A falta de senso de proximidade de Deus desencoraja, e muito, a vida de oração. 
Quando o desejo de orar enfraquece,  o desejo por outras práticas de muita importância na nossa vida também perdem sentido. Quando há pouca consciência da real necessidade da oração,  há pouca oração verdadeira. 
George Muller afirmou: 
"O grande erro dos filhos de Deus é que eles não continuam a orar; eles não prosseguem em oração;  eles  não perseveram. Se desejam algo para a glória de Deus,  devem orar até conseguir,  Ó quão bom, quão suave e quão gracioso e condescendente é Aquele com quem temos de lidar!  Ele me deu, mesmo em minha indignidade, infinitamente mais do que eu pedi e pensei".  
Buscar a Deus em oração deve ser prática mais desejada do filho de Deus,  não permita o inimigo conseguir que nos silenciemos a respeito da disposição e obediência de orar.
Homens e mulheres de Deus serão sempre homens e mulheres de oração. 
"Orai sem cessar." (1 Tes: 5. 17)
Amo vocês 
Clébia ✌

Um comentário: